Visão Geral da Yoga


VISÃO GERAL DA YOGA


Estas são as linhas tradicionais de yoga. O yoga corporal é a porta de entrada para que a pessoa possa vivenciar o yoga na totalidade. Infelizmente hoje existem divisões e divisões originárias do Tantra e HathaYoga e pouco aprofundamento nas outras linhas tradicionais.

Todos os métodos tradicionais do Yoga comprovaram a sua eficiência, através dos mestres que alcançaram o estado maior do Yoga que é o Samadhi ou Moksa, a liberação do ciclo de nascimentos e mortes.

Qualquer método, dito moderno, nasceu do método tradicional. Por esta razão devemos estar atentos sobre linhas modernas de Yoga, que na verdade acabam sendo uma mistura de “um pouco de yoga” com outras práticas corporais, acrescidas de um grande marketing, e que não tem condições de nos levar a moksa. Sabemos hoje que o que vende é o diferencial, mas quando se trata de Yoga isto não é possível. Não é conveniente limitar e distorcer o Yoga pelo simples fato de não conhecê-lo na totalidade.

Yoga corporal - Hatha Yoga, esta é a linha mais conhecida e é originária do Tantra Yoga. Hoje existem muitas linhas de Yoga que trabalham com o corpo, e todas têm sua origem no tantra e no Hatha Yoga. Esta linha visa o estado de equilíbrio físico, emocional e mental do indivíduo e reconhece que o corpo é uma expressão do estado emocional e mental, portanto, o ponto de registro. Este, por sua vez, condiciona a mente através de seus registros em forma de couraças e flacidez. Assim o Yoga corporal é uma terapia que parte do corpo - somatologia. Os textos específicos e originais de consulta são: Shiva Sanhita, Goraksha Sanhita, Gheranda Sanhita, Hatha Yoga Pradipika, Tantra Santras... Desta linha corporal muitas vias de Yoga foram criadas. Diz-se que já existem mais de 108 vias.


Yoga sexual - Vama Tantra Yoga, (compreende técnicas de controle do orgasmo para fins de transcendência ou comunhão divina - êxtase) Seu texto original - os Kama Sutras - não é totalmente conhecido fora da India por ser preservado.


Yoga social - Karma Yoga . Esta é a via para toda e qualquer pessoa, pois é o yoga da ação. Recomenda a escolha da ação mais correta e a aceitação do resultado da ação que sempre é adequado à ação (vem conforme leis). Através desta atitude mental se conquista o conhecimento da própria mente: os valores pessoais. Estes são reformulados de acordo com os valores universais, harmonia na sociedade, maturidade, tranqüilidade mental. Com relação à própria pessoa, as ações Dharmicas (corretas) modificam o karma negativo (pãpa) em mérito (punnya), que vão conduzir o indivíduo rumo ao auto-conhecimento. O texto é a Bhavagadgitã. Esta linha vai conduzir ao Bhakti e Jnana Yoga.




A Gitã apresenta 3 caminhos: Jnana Yoga (cabeça - conhecimento), Karma Yoga (mãos - ação) e Bakthi Yoga (coração - amor), estes três estão interrelacionados.



Yoga Devocional - Bhakti Yoga – (CORAÇÃO – AMOR) - (inclui Mantra Yoga, Pujã, ritual simples). Esta via de Yoga é a via do amor. Parte do Bhakti dualista, ou seja a adoração ao mestre pessoal (um ser perfeito como pretendo ser), e progride para o Bhakti não dualista, quando acompanhado do Jnana Yoga ou Advaita Vedanta. No Bhakti não dualista, posso apreciar a expressão do Criador na ordem e nas leis que são perfeitas, assim o meu altar passa a ser o mundo e o amor passa a ser incondicional.


Yoga do Auto-conhecimento - Jnana Yoga. Esta via é baseada na parte final dos Vedas que são as Upanisads, que tratam da investigação para compreensão de quem somos nós. O método oferecido ali é conhecido como Advaita Vedanta e segue uma linhagem de Sankara, um grande mestre da India.


Yoga Meditativo - Raja Yoga. Esta linha foi codificada por Patanjali (mesmo método escrito nos Vedas) e seu texto é os Yoga Sutras, que também é chamado de Yoga Clássico.


Referência: http://www.yogalotus.com.br/linhas-tradicionais-de-Yoga.htm



0 comentários:

Postar um comentário

Vamos lá pessoal

O AMOR CURA

Followers

Total de visualizações de página

Martha Cibelli. Tecnologia do Blogger.

Quem sou eu

Minha foto

Eterna aprendiz.
AMO Metafísica; livros; gatinhos; músicas e jardinagem. Gosto muito da natureza humana.